Exportação

O Saudali possui habilitação para exportar seus produtos e/ou cortes suínos para a Albânia, a Argentina e o Uruguai, além de todos os países da antiga Lista Geral, agora lista do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (DIPOA). O DIPOA é responsável pela inspeção de produtos de origem animal, no âmbito do Ministério da Agricultura.

A expansão para o mercado externo começou em 2004 e, inicialmente, os processos de exportação do Frigorífico eram feitos por meio de tradings e representantes comerciais. Atualmente, a empresa conta com um setor de Comércio Exterior que cuida da programação da produção; do desenvolvimento de produtos; da abertura de novos mercado; da logística e da comercialização externa. Muitos contatos comerciais já são realizados diretamente com importadores estrangeiros.

Desde 2007, o Saudali também comercializa as válvulas e o pericárdio suíno. Conhecidos como produtos opoterápicos, eles são utilizados no tratamento de doenças humanas. Eles são coletados, dento do setor de abate do Frigorífico, por colaboradores da Boston Scientific Corporation, empresa parceira do Saudali e fabricante de próteses cardíacas biológicas.

Os controles da produção para a exportação são realizados pelo setor Controle da Qualidade e designados, ou seja, colaboradores internos da indústria que acompanham todo os diversos processos produtivo do Frigorífico. Esses controles visam atender os requisitos já acordados entre o Serviço de Inspeção Federal (SIF) e o país de destino, visto que alguns países demandam habilitações específicas por apresentam requisitos diferenciados para importação de alimentos.

Os processos internos do Saudali também contam com o acompanhamento e a orientação de agentes do SIF, que asseguram o cumprimento das normas sanitárias nas dependências da empresa. São mais de 20 agentes credenciados, presentes em tempo integral na indústria, que realizam a fiscalização das normas 24 horas por dia. A vistoria é iniciada na Recepção de Suínos, passando por todos os setores até a Expedição dos produtos. Esses agentes também fazem a coleta de evidências produzidas pelo Controle de Qualidade, para inspeção periódica.

Devido ao fortalecimento da cadeia suinícola e o crescimento exponencial do Saudali, a empresa se prepara para abrir novos mercados internacionais. Para isso, tem investido na ampliação de sua planta fabril e novos maquinários, bem como na qualidade e diversificação do seu mix de produtos.