NOTÍCIAS

Indústria alimentícia cresce durante a pandemia

DSC08951-Tratada-scaled_824x452_acf_cropped

25 de maio de 2021 | Comercial | Institucional | Mídia

Em 25 de maio é celebrado o Dia da Industria, um setor muito importante para a economia brasileira. Desde o século passado, o segmento alimentício vem se configurando como uma das principais forças do setor secundário no país, impulsionado pelo desenvolvimento industrial, pela redução de importações durante a Segunda Guerra Mundial e pelo crescimento populacional. A relevância da indústria alimentícia também se dá pelo fato de ela movimentar outros segmentos, como o de logística e o de tecnologias agrícolas.

Mesmo sendo considerado essencial, o segmento alimentício sofreu impactos com a pandemia do coronavírus. Segundo informações da Associação Brasileira da Industria Alimentícia (ABIA), a indústria de alimentos e bebidas identificou um custo médio adicional de produção de 4,8%, o que, na prática, significa um impacto de 2% a 2,5% no custo total. Isso acontece porque o custo de produção industrial representa cerca de 58% do custo total do setor. Por outro lado, observou-se um crescimento no número de contratações e no faturamento do setor de alimentos e bebidas durante a quarentena.

Em relação à geração de empregos, o segmento criou 20 mil novas vagas diretas em 2020, que correspondem a uma alta de 1,2% em relação a 2019. A indústria de alimentos e bebidas brasileira é o que mais gera empregos no setor de transformação, sendo responsável diretamente pelo sustento de 1,68 milhões de pessoas. Além disso, o segmento registrou uma alta de 12,8% no faturamento em relação à 2019, somando R$ 789,2 bilhões, entre exportações e vendas para o mercado interno. Esse valor corresponde à 10,6% do PIB nacional, segundo pesquisa conjuntural executada pela ABIA.

No que tange as exportações, verificou-se ainda um crescimento de 11,4% em 2020, totalizando US$ 38,2 bilhões e representando uma participação de 25% nas vendas totais do setor em 2020. Hoje, o Brasil é o segundo maior exportador de alimentos industrializados do mundo. O setor exporta para mais de 190 países, localizados principalmente na Ásia, Países Árabes e União Europeia.

 

Fontes consultadas:

– Blog Ifope Educacional. Disponível em: . Acesso em: 20 de maio de 2021.
– Blog Superbid. Disponível em . Acesso em: 20 de maio de 2021.

Fonte: Assessoria de Comunicação

COMENTE SOBRE ESTA NOTÍCIA



Nossa História